Fumaças exclusivas

Conheça o templo suíço do charuto, onde as fumaças dos puros são incensadas como arte

Mauro Marcelo Alves, iG São Paulo

“If I cannot smoke in heaven, then I shall not go.” Mark Twain

Divulgação especialmente feita para o iG Luxo
No cofre forte de Gérard estão os melhores charutos cubanos
O saguão do Grand Hotel Kempinski, em Genebra, Suíça, recebe um grande número de finos cavalheiros e – por que não? – damas decididas a encontrar prazeres especiais em uma de suas dependências. Uma placa amarela com o nome de um certo Gérard é a senha de entrada para um mundo onde a fumaça e aromas inebriantes são benvindos.

Ali, como em um clube fechado, eles trocam ideias, saboreiam e pagam pela exclusividade dos melhores charutos do mundo. Estão na boutique Gérard Père et Fils, a mais venerada pelos entusiastas de um puro premium.

Foto divulgação especialmente feita para o iG Luxo
Vista panorâmica do cofre forte, com controle perfeito de temperatura e umidade para os charutos
Celebridades, intelectuais, empresários e políticos de expressão frequentam a loja – os nomes são mantidos em sigilo, mas sabe-se que o rei Juan Carlos, da Espanha, faz ali suas encomendas. São atendidos por Vahé Gérard, filho do Gérard original, que mantém seus tesouros em um cofre-forte regulado permanentemente em 18º C de temperatura e com 80% de umidade.

Ele também oferece o Private Bank of Cigars, que permite aos aficionados conservar seus melhores charutos em condições perfeitas, sob a observação de uma equipe treinada para acompanhar a evolução de cada um. A estrutura é complexa e lembra realmente a caixa-forte de um banco, com controle que vai além da umidade correta: fichas com a situação de cada bitola podem ser acompanhadas via internet por seus proprietários.

Foto divulgação especialmente feita para o iG Luxo
O ambiente aconchegante no interior do templo dos charutos
Vahé Gérard tem a tecnologia ao seu lado, mas prefere dizer que “no mundo do charuto, somos todos artesãos”. E que não gosta do termo “fumante”, preferindo o de degustador. “Não faz parte do espírito da 'maison' considerar nossos clientes como consumidores, mas sobretudo como membros de uma família dividindo a mesma paixão”, diz ele.

Serviço

Gérard Père et Fils
Grand Hôtel Kempinski
Quai du Mont Blanc, 19 - 1201 - Genebra (Suíça)
Tel: +41-0-22-908-35-35

LIvro: "The Cigar: An Illustrated History of Fine Smoking"
Vahé Gérard. Ed. Chronicle Books, 1996

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG