Fórmula 1 com glamour e tradição no Grande Prêmio de Mônaco

Ingressos para assistir à corrida que acontece no dia 27 de maio ainda estão disponíveis

Rafael Bergamaschi, iG São Paulo |

Evento que acontece desde 1929, o Grande Prêmio de Mônaco inspira mais glamour e sofisticação do que qualquer outro no calendário da Fórmula 1 . Atores, músicos e políticos se misturam aos membros da realeza local para compor plateia singular. Este ano, a corrida acontece em 27 de maio e quem quiser dar um pulinho por lá ainda tem tempo. Muitos setores estão com ingressos à venda.

Os dois melhores lugares ainda disponíveis são em restaurantes do Hotel de Paris , que beira o circuito. O mediterrâneo , que fica no oitavo andar do complexo, tem a melhor vista aérea do circuito. O ingresso com almoço gourmet sai por R$ 3.340.

Veja também: Top 5 barcos do Rio Boat Show 2012

Divulgação
Vista do restaurante Le Grill é uma das melhores do circuito

A área externa do restaurante Salle Empire, que existe desde o século 19 e é comandado por Franck Cerutti, um dos protegidos do chef Alain Ducasse , já esgotou, mas ainda é possível adquirir lugar em uma das mesas do salão principal. Grandes janelas garantem que a corrida poderá ser assistida por todos. O pacote, que inclui refeição completa com três pratos, sai por R$ 1.999.

Mais: Lexus, uma supermáquina de plástico

Divulgação
Salão principal do Salle Empire ainda tem entradas disponíveis para o evento
Ao lado das 500 milhas de Indianápolis e das 24 horas de Le Mans, o Grande Prêmio de Mônaco compõe a Tríplice Coroa do automobilismo, termo não-oficial usado para se referir aos circuitos de maior prestígio no esporte. Até hoje, somente uma pessoa foi "coroada": Graham Hill, corredor inglês famoso na década de 60.

Mais antiga que a própria Fórmula 1, criada em 1950, a corrida que acontece em Monte Carlo, região administrativa do principado, é famosa não só pela dificuldade de ultrapassagem em suas ruas estreitas, mas também pelos recursos do público presente. Iates à beira-mar são substitutos comuns de alambrados superlotados.

Em 2011 o vencedor foi o alemão Sebastian Vettel, correndo pela Red Bull-Renault, equipe e piloto que mais tarde, naquele ano, se sagrariam campeões no campeonato mundial. Neste ano, no entanto, a equipe cambaleia, tendo ganhado somente uma das quatro corridas disputadas. Fernando Alonso, pela Ferrari, e Jenson Button, pela McLaren, são fortes concorrentes. Quem leva?

Acompanhe as novidades do iG Luxo também pelo Twitter

Leia também:
-
Refúgio renovado em Cannes
-
Sonho particular na Côte d'Azur

    Leia tudo sobre: fórmula 1mônaco

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG