Um hotel só para você

Tendência pelo mundo, hotéis de apenas um quarto garantem privacidade extrema

Mariane Morisawa , especial para o iG |

Poucas coisas podem ser mais exclusivas do que ter um hotel inteirinho reservado apenas para você. Ao redor do mundo, algumas hospedarias têm apenas um quarto, oferecendo privacidade e luxo. Conheça. 

Único quarto do The One Hotel Angkor, no Camboja, criado por Martin Dishman . Foto: DivulgaçãoA decoração do The One foi concebida pelos arquitetos Lisa Ros e Ivan Tizinel. Foto: DivulgaçãoO mesmo móvel de madeira dá vida à cama, à bancada do banheiro e à escrivaninha no The One. Tudo único. Foto: DivulgaçãoDetalhe do visual acolhedor do The One, em Siem Reap, perto dos templos de Angkor. Foto: DivulgaçãoNa área externa, espaço para descansar, receber amigos, comer e deliciar-se com os tratamentos do spa. Foto: DivulgaçãoNo The One o hóspede tem à disposição iMac, iPod, celular e jacuzzi. Foto: DivulgaçãoNa equipe disponível para atendê-lo durante a estada no The One há até mesmo um chef particular. Foto: DivulgaçãoO The One fica em uma uma viela, perto do velho mercado e da rua dos bares da cidade.. Foto: DivulgaçãoCada unidade do The Pixel está instalada em um imóvel diferente, na cidade de Linz, na Áustria. Foto: DivulgaçãoO Pixel hotel pode estar instalado em uma galeria de arte, em um jardim ou um barco. Sempre com apenas um quarto. Foto: DivulgaçãoO Pixel Hotel agora alcança Israel, onde as estações de salva-vidas da praia de Bograshov, em Tel Aviv. Foto: DivulgaçãoPerspectiva da adaptação do quarto do Pixel Hotel na estação de salva-vidas. Foto: DivulgaçãoNo projeto do Pixel previsto para Tel Aviv, a janela de vidro vira sacada para maior interação com a natureza. Foto: DivulgaçãoCenário de sonho no One by the Five, em Paris. Foto: DivulgaçãoBolado por Philippe Vaurs em conjunto com a artista Sandrine Alouf, o One by the Five tem decoração dramática. Foto: DivulgaçãoEntre os ambientes do One by the Five, em Paris, há uma alcova, com música difusa e vista para a Pont des Arts. Foto: DivulgaçãoA ideia do One by the Five, no 5º arrondissement, é instigar os cinco sentidos. Foto: DivulgaçãoO quarto único do projeto A Room for London está em uma réplica de navio 'atracado' sobre a sala de concertos Queen Elizabeth Hall. Foto: DivulgaçãoÀs margens do Tâmisa, o hotel do projeto A Room for London só poderá ser ocupado por duas pessoas por vez, durante uma única noite. Foto: Divulgação


One by the Five
Bolado por Philippe Vaurs em conjunto com a artista Sandrine Alouf, o hotel no 5ème arrondissement de Paris, no Quartier Latin, tenta promover um cenário de sonhos, com espelhos e iluminação dramática. A ideia é instigar os cinco sentidos, mas o olfato tem papel primordial, com fragrâncias à escolha do cliente. Há duas salas de estar, uma com televisão, outra parecida com uma alcova, com música difusa e vista para a Pont des Arts.

Leia também:
- O jeito de hospedar da família Ferragamo 

Na cozinha, está a receita de um coquetel exclusivo. O quarto tem um céu estrelado de fibra ótica e a cama fica suspensa, fazendo o hóspede ter a sensação de estar flutuando. O café da manhã pode ser servido no quarto, e outros serviços como flores, cesta frutas e massagens também podem ser requisitados com antecedência. As diárias custam a partir de 600 euros.

Serviço:
3 Rue Flatters, 65005, Paris
Tel +33 (0)1 43 31 52 31
www.onebythefive.com
 

Divulgação
Dentro do barco, todo o conforto de um hotel

A Room for London
A capital inglesa se preparou bem para a Olimpíada, com muitos novos hotéis, mas nenhum quarto foi tão disputado quanto o do projeto A Room for London, criado pela organização Living Architecture, liderada pelo escritor Alain de Botton. As reservas esgotaram-se em minutos para o quarto-barco inspirado na jornada de Joseph Conrad no Congo, em 1890, e “atracado” sobre a sala de concertos Queen Elizabeth Hall, às margens do Tâmisa.

O desenho é do escritório David Kohn Architects em parceria com Fiona Banner. Ao longo do ano, apenas duas pessoas por vez poderão passar uma única noite no lugar, que brinca com as noções de público e privado.

Serviço:
Southbank Centre – Belvedere Road, London SE1 8XX
www.aroomforlondon.co.uk



Leia também:
- Versailles revive baile de máscaras

The One Hotel Angkor

Martin Dishman trabalhou por 20 anos em hotéis em São Francisco e San Diego (nos Estados Unidos) e Phuket (na Tailândia), até bolar o conceito de seu hotel de um quarto em Siem Reap, perto dos templos de Angkor, no Camboja. The One Hotel Angkor fica em uma casa colonial francesa decorada pelos arquitetos Lisa Ros e Ivan Tizinel, numa viela de pedestres com butiques, galerias e restaurantes, perto do velho mercado e da rua dos bares da cidade.

O hóspede tem à disposição iMac, iPod, celular e jacuzzi, além de uma equipe para atendê-lo – um chef prepara as refeições e os tratamentos do spa podem ser feitos onde o cliente quiser.

Dishman também preparou pacotes especiais, como o “Be a Star”, com cameraman e stylist para registrar seus passeios, “Good Karma”, de voluntariado e mergulho nas tradições locais, e “Khmer Arts Discovery”, sobre a cena artística local. As diárias saem a partir de US$ 250.

Serviço:
The Passage, Siem Reap, Cambodia
Tel: +855 (0) 12 246 912
www.theonehotelangkor.com

Divulgação
Decoração minimalista no Pixel, da Áustria

Pixel Hotel
O conceito nasceu na Áustria: um hotel cujos quartos e suítes estão espalhados por diversas propriedades na cidade de Linz, seja no jardim de uma antiga oficina ou num barco. Cada quarto (com preços a partir de 124 euros) tem cama de casal, sala de estar, minibar, televisão, camareira, internet. Para o café da manhã, o almoço e o jantar, o hóspede é convidado a explorar a cidade. A decoração é moderninha – a unidade de Marienstrasse, com 90 metros quadrados, conta com um trailer dos anos 1960 dentro do quarto.

Leia também:
- Os melhores clubes privê de Londres

O Pixel Hotel agora alcança Israel, onde as estações de salva-vidas da praia de Bograshov, em Tel Aviv, serão transformadas em quartos pela equipe formada por Alon e Lila Chitayat e Anat Safran, durante o período em que ficam fechadas, no inverno.



Serviço
:

Alstadt 28, 4020 Linz, Áustria
Tel: +43 (0) 650 7437953
www.pixelhotel.at
 

Acompanhe as novidades do iG Luxo pelo Twitter.
 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG