Viaje na luxuosa executiva da Emirates por R$ 2,6 mil

Poltronas com menu de massagens e 1,4 mil canais de entretenimento controlados por um tablet individual estão entre os serviços oferecidos aos passageiros que vão a Buenos Aires

Carla Falcão iG Rio de Janeiro |

Que tal viajar na classe executiva de uma das melhores companhias aéreas do mundo por pouco mais de R$ 2,6 mil? Com voos diários entre Rio de Janeiro e Buenos Aires, a Emirates Airlines atrai um número cada vez maior de brasileiros dispostos a conhecer sua Business Class -- ainda que em uma viagem curta, de aproximadamente três horas de duração.

Além de se transformarem em cama, as poltronas da executiva oferecem uma seleção de massagens. Foto: DivulgaçãoPara ter mais privacidade, basta apertar um botão e elevar a divisória entre as poltronas da classe executiva. Foto: DivulgaçãoPassageiros da Business Class também dispõem de telefone e acesso à internet . Foto: DivulgaçãoMenu da Business Class oferece várias opções de pratos, além de bebidas alcoolicas premium. Foto: DivulgaçãoSistema de entretenimento da Business Class é controlado por meio de um tablet individual sem fio. Foto: DivulgaçãoPassageiros da Executiva em voos longos têm direito ainda ao serviço de Chauffeur Drive. Foto: DivulgaçãoTelas touch screen de 17 polegadas garantem a diversão dos passageiros a bordo. Foto: Divulgação

Uma das estrelas da companhia aérea dos Emirados Árabes é seu serviço de entretenimento de bordo, batizado de ice (sigla para informação, comunicação e entretenimento). Com 1,4 mil canais de filmes, séries, músicas, jogos e notícias, o ice recebeu, pelo oitavo ano consecutivo, o prêmio Skytrax 2012 de melhor do mundo. Na executiva, todas essas opções podem ser escolhidas por meio de um tablet individual sem fio, pelo telefone ou pela tela touchscreen de 20 polegadas e alta resolução.

Veja também:

Poltrona-cama, 600 horas de vídeos, menu de luxo: a nova executiva da Air France

Primeira classe x classe executiva: qual compensa mais?

As poltronas da classe executiva também merecem menção. É verdade que o fato de serem totalmente reclináveis e de se transformarem em uma cama de 2 metros de comprimento não impressiona os habitués da Business Class. Mas não há estresse que resista ao menu de massagem apresentado no ice. Com comandos bastante simples, o passageiro pode receber diferentes tipos de massagem enquanto assiste a um filme ou dorme.

Quer privacidade? Basta tocar um discreto botão e levantar a divisória que separa as poltronas. O passageiro ao lado até que é simpático? Torne a baixar a divisória e aproveite para conversar enquanto toma uma taça de Veuve Clicquot ou um cálice de vinho do Porto.

Os viajantes também recebem, logo após o embarque, o cardápio das refeições que serão servidas a bordo. Em voos curtos, como o Rio-Buenos Aires, são três opções de pratos, além de entrada, sobremesas e bebidas alcoolicas premium. Os pratos são de porcelana fina Royal Doulton e as taças e copos, de cristal. Os talheres são assinados pelo famoso designer Robert Welch. Descanso de mesa e guardanapos de linho completam o serviço de primeira.

Com tanto luxo e opções de entretenimento a bordo, há quem lamente deixar o conforto da executiva em tão curto espaço de tempo e sonhe com voos mais longos, como a rota para a exótica Dubai. Neste voo e em todas as rotas mais longas, a Emirates oferece outros mimos aos viajantes, como o serviço de chauffeur drive: um motorista busca o passageiro em casa para levá-lo até o aeroporto e faz também o traslado no retorno da viagem, sem custo adicional.

Os passageiros podem contar ainda com uma relaxante massagem nos pés – esta, sim, feita por uma prestativa aeromoça. Para desfrutar de tal conforto, o viajante precisa estar disposto, entretanto, a desembolsar aproximadamente R$ 16,5 mil pelos bilhetes de ida e volta. Para quem não dispõe desse valor, ir a Buenos Aires pode ser uma excelente maneira de conhecer o luxo da business class da Emirates.

Leia mais:

O que é melhor: investir em um jatinho ou voar de 1ª classe?

*A repórter viajou a convite da Emirates Airlines

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG