Casa é colocada à venda por R$ 1 bilhão no Reino Unido

Valor é o mais alto já alcançado por um imóvel em Londres

BBC |

BBC

Reprodução
Mansão inglesa teria piscina interna e estacionamento no subsolo

Com sete andares, 45 quartos e 20 mil metros quadrados de área, a mansão localizada na Rutland Gate, em Londres, é um luxo ao alcance de poucos: foi colocada à venda por US$ 486 milhões (R$ 972 milhões), o valor mais caro para um imóvel no Reino Unido. Especialistas acreditam, contudo, que o preço pode subir ainda mais, para US$ 490 milhões (R$ 980 milhões). 

Conheça outras casas milionárias pelo mundo 

Segundo o jornal britânico The Guardian, a casa está sendo oferecida sob sigilo a um seleto grupo de bilionários em todo o mundo. A mansão, construída originalmente para abrigar quatro famílias, foi a residência de Londres de Rafiq Hariri, ex-primeiro-ministro do Líbano, até seu assassinato em 2005, em um atentado na capital do país, Beirute.

O Financial Times observou na ocasião que, depois do trágico incidente, a casa passou para as mãos do sultão Abdulaziz bin, o príncipe da Arábia Saudita.

Luxo

A casa está situada em frente ao Hyde Park, em Knightsbridge, uma das regiões mais exclusivas da capital britânica.

Segundo o Guardian, no interior da mansão há uma piscina, uma cozinha industrial e objetos forrados a ouro no valor de milhões de dólares. Outros meios de comunicação britânicos dizem que o imóvel tem um estacionamento próprio no subsolo e possui três elevadores.

Veja também:
- Prédio em Miami permitirá estacionar o carro na varanda 

Caso seja vendida pelo valor ofertado, a casa se tornaria a mais cara do Reino Unido, superando os US$ 225 milhões (R$ 450 milhões) pagos no ano passado pelo banqueiro russo Andrey Borodin por uma mansão chamada Park Place, localizada em Henley, no subúrbio de Londres.

Antes disso, a casa mais cara do Reino Unido era a cobertura do One Hyde Park, avaliada em US$ 200 milhões (R$ 400 milhões).

Exclusividade

Mesmo se for vendida pelo preço da tabela, a mansão britânica não será a mais cara do mundo - esse título pertence à casa chamada Antilia.

Construída pelo homem mais rico da Índia, Mukesh Ambani, a casa está localizada na Rua Altamount, na cidade indiana de Mumbai, e seu valor é estimado em cerca de US$ 1 bilhão (R$ 2 bilhões).

O nome da casa foi dado em alusão à ilha mítica do Oceano Atlântico e possui mais de 37 mil metros quadrados. No local haveria heliportos, uma enorme biblioteca, salas de jantar extravagantes, pisos de mármore opulentos e até mesmo um quarto com neve de verdade.

A Antilia tem 27 andares e cerca de 174 metros de altura, o equivalente a um prédio comercial de 40 andares. O imóvel também tem uma garagem de vários andares, uma pista de dança, um spa, um teatro, quartos de hóspedes e vários jardins.

O projeto é baseado nas flores de lótus e no sol e é decorado com materiais caríssimos, incluindo madeiras raras, mármore, madrepérola e vidro talhados por artesãos indianos.

Leia ainda:
- Arquitetura de grife vira tendência no Brasil
Hotel-palácio no centro de Viena reserva adega de mais de 25 milhões de euros
- Tenha uma casa dentro da Disney

 

 

Leia tudo sobre: casa mais cara do mundomansãoinglaterraimóveis

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG