Design brasileiro ganha salão

São Paulo recebe em junho o primeiro salão de design-arte com direito à palestra de Ingo Maurer e irmãos Campana

Lívia Alves, iG São Paulo |

Divulgação
Dia 14 de junho abre o primeiro do Salão Design São Paulo, a ser realizado na Oca
Quando Waldick Jatobá, economista e colecionador de obras de arte, falou pela primeira vez sobre a criação de um salão de design brasileiro a polêmica se estabeleceu. Uns o chamavam de louco, outros, que o Brasil ainda não estava preparado. E havia aqueles que davam total apoio, como os irmãos Campana , que já colhiam os frutos de seu trabalho no exterior.

Leia também:
Obras da Prada
Fotos mais desejadas do mundo
Rossana Orlandi de olho no Brasil

“Achávamos que o País merecia ter um evento como a Design Miami e o Salão do Móvel de Milão , que disseminasse e tornasse mais acessível o design-arte, conceitual”, diz Jatobá, que, entretanto, não queria importar um modelo pronto. Agora, quatro anos depois, a inquietação se torna realidade com a abertura, no dia 14 de junho, do Salão Design São Paulo, evento totalmente voltado ao design high-end brasileiro, a ser realizado na Oca, no Parque do Ibirapuera.

“Não fizemos uma feira normal com um estande atrás do outro. Nosso objetivo, desde o princípio, era proporcionar emoção e impacto nas pessoas”, diz Jatobá, que contou com a parceria de suas sócias Katia d’Avillez e da economista Lidia Goldenstein, além da Luminosidade – empresa responsável pela São Paulo Fashion Week – para produzir o salão.

Em entrevista, Waldick Jatobá, idealizador e organizador do primeiro Salão Design São Paulo, discute as fronteiras entre arte e design. Confira .

Durante cinco dias, o projeto contará com duas grandes exposições: uma do designer italiano Maurizio Galante e a outra dos irmãos Campana – os grandes homenageados na primeira edição do evento. Além disso, palestras, mesas redondas e workshops com grandes nomes do design mundial como Ingo Maurer e Gijs Bakker vão aprofundar e disseminar o tema design e sua inter-relação com arte e exclusividade.
“Nosso objetivo é movimentar uma onda de informação com temas como design-arte, gestão do design e vertentes do design”, afirma Jatobá. As palestras ocorrerão às 15h e as mesas redondas às 18h.

David Santos Junior/Fotoarena
Waldick Jatobá é um dos responsáveis pelo Salão Design São Paulo juntamente com suas sócias Katia d’Avillez e Lidia Goldenstein e com a empresa Luminosidade

Com curadoria de Maria Helena Estrada, o Salão Design São Paulo também abrirá espaço a 20 galerias e lojas de arte, tais como Firma Casa, Collectors Séc. XX, Passado Composto, OVO , Miniloft Good Design Photo and design Gallery, Modernariato Bruno Musatti e João Pedrosa, Estúdio Claudia Moreira Salles, Baro+Coletivo Amor de Madre, entre outras de São Paulo. Do Rio de Janeiro virão a DOÏZ e a Galeria Coleção de Arte. De Bento Gonçalves (RS), a Allê Design, por Marton, e de Portugal, a Cristina Guerra Contemporary Art/ Miguel Rios Design. Todas apresentarão ao público peças únicas ou produzidas em edições limitadas

O projeto ainda conta com uma pequena loja com peças de design diferenciado, restaurante japonês, livraria e café. A entrada será gratuita, mas exigirá credenciamento prévio a ser feito no local ou pelo site do evento.

Serviço:
Salão Design São Paulo
Local:
Oca, Parque do Ibirapuera
Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Portão 3 – São Paulo (SP)
Data: 15 a 17 de junho, das 14h00 às 22h00;
18 e 19 de junho, das 12h00 às 20h00
Ingresso: gratuito, mediante credenciamento



    Leia tudo sobre: Salão Design São PauloWaldick JatobáOcaDesignarte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG