Hermès mergulha do outro lado do Sena

Grife francesa aproveita espaço deixado por antiga piscina para abrir primeira loja na Rive Gauche

Alline Cury, especial para o iG |

Finalmente a maison Hermès atravessou o rio Sena para instalar sua primeira boutique na boêmia Rive Gauche, em Paris. Sob a direção artística do arquiteto Denis Montel, a nova loja foi construída no local ocupado pela antiga piscina do hotel Lutetia de 1935 até o final dos anos 70.

Divulgação
Bem-vindo à Hermès da Rive Gauche

 Considerado patrimônio histórico desde 2005, o charmoso prédio art noveau de aproximadamente 1.400 m² (o que torna a megastore a segunda maior loja Hermès do mundo) foi dividido em corners temáticos inaugurados no fim de 2010.

Logo na entrada, o cliente é recebido por uma charmosa floricultura de 55 m² comandada por Baptiste Pitou. O especialista, escolhido a dedo pela Hermès, privilegia flores raras apresentadas em buquês cheios de lacinhos da grife ou em vasos decorados com as cores da maison francesa. A apresentação impecável só fica completa com a emblemática sacolinha laranja.


Mais à frente, uma livraria traz exemplares da grife (bien sûr!) - como “The Hermès Scarf: History and Mystique” e o recém-lançado "Daniel Buren: Photos-Souvenirs Au Carré" - e uma pequena, porém ótima, seleção de livros de arte, moda, cinema, design e exposições em cartaz na cidade luz. Para completar, quiosques recheados de agendas e caderninhos Hermès com capas de couro coloridas. Ao lado, as mulheres fazem a festa com lenços de seda de todos os tamanhos, cores e temas, cujos preços começam em 125 euros, no petit format de 45 x 45 cm.

A faixinha, que pode ser usada no cabelo, no pulso ou como cinto, sai por 85 euros. Já a edição limitada de carrés assinados pelo artista francês Daniel Buren fica exposta no andar de baixo, como se fosse uma verdadeira obra de arte e decoração. Os modelos exclusivos, feitos a partir de uma moderna técnica nunca antes usada pela Hermès, saem por 5 mil euros. Para finalizar o andar térreo, um charmoso salão de chá Le Plongeoir serve diferentes variedades da bebida, vindos da India, China, Japão e Sri Lanka pela marca Palais des Thés. A cozinha não traz chefs famosos e estrelas Michelin, mas conta com os clássicos e infalíveis club sandwich e saladinha de frutas. Perfeitos para uma refeição leve.

No andar inferior tudo é dividido por temas, em espaços bem definidos. O que está no centro, fica separado dentro de "casulos" feitos de madeira. Dois deles são dedicados à linha casa. No primeiro, taças de cristais, jogos de talheres, toalhas de mesa e aparelhos de jantar. No segundo, tapetes, roupas de cama, almofadas e mimos para pets. No mesmo andar também estão as coleções prêt-à-porter masculina e feminina, as icônicas bolsas da grife, acessórios de equitação, sapatos, cintos e gravatas. A ala dedicada a joalheira fica num cantinho mais reservado, discreto e tranquilo.

Serviço:
Hermès Rive Gauche
17 rue de Sèvres – Paris

    Leia tudo sobre: hermèsrive gauchedenis montelhotel lutetia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG