Palácio repaginado no Marrocos

Hotel La Mamounia reabre após restauração de US$ 176 milhões

Juliana Saad, iG São Paulo |

Divulgação
Situado em um parque de 17 hectares, o hotel-palácio e contornado por jardins primorosos
Construído em 1923, o La Mamounia reabriu há um ano, após três de intensas obras de remodelação a cargo do famoso designer de interiores francês Jacques Garcia, que transformou um dos símbolos de Marrakech em um relaxante e mágico refúgio para apreciadores do que há de melhor na hotelaria. Internacionalmente conhecido, Garcia combinou o mais autêntico estilo marroquino a novas tecnologias.

Responsável por supervisionar toda a obra, Didier Picquot, diretor-geral do La Mamounia, desembarcará no Brasil pela primeira vez em fevereiro para apresentar pessoalmente o icônico hotel ao mercado brasileiro. “A recente renovação do hotel é razão suficiente para que os viajantes venham ao Marrocos para experimentar a cultura incomum e a miríade de atrações do país”, declara antecipadamente.

Divulgação
Vista aérea do pavilhão externo da piscina, em meio a exuberante paisagem marroquina




 Localizado no coração da Cidade Imperial, em um parque de 17 hectares, o La Mamounia apresenta uma fusão dos estilos art déco e árabe-andaluz, com uma atmosfera que mantém a elegância e o glamour de outros tempos. Características que seduziram várias personalidades ao longo das últimas décadas: Charlie Chaplin, Alfred Hitchcock, Marlene Dietrich e Winston Churchill, que pela assiduidade com que frequentava o hotel deu o nome a uma das suítes. Mais recentemente, Sharon Stone, Cate Blanchet, Tom Cruise e os Rolling Stones também estiveram por lá.



Quartos, suítes e riads
A decoração das acomodações, marcada pelos tons quentes e pela mistura de madeiras, peles e tecidos delicados, traz o mistério e o luxo oriental. Os quartos e suítes oferecem vistas fabulosas dos jardins e da milenar Marrakech, de onde chegam odores exóticos e sons do rebuliço frenético da cidade situada nas proximidades da Cordilheira do Atlas.

No total, o hotel conta com 136 apartamentos, 71 suítes e três riads (tradicional casa marroquina). As suítes variam de 94 m² a 212 m², e os riads - com três quartos, salão de banho, sala de estar e terraço e piscina privados - oferecem cerca de 700 m² de conforto e privacidade.

Spa La Mamounia & Shiseido

Divulgação
No spa a piscina coberta e tratada com ozônio induz ao relaxamento

O hotel-palácio é contornado por jardins fabulosos e um moderno spa de 250 m2, inspirado no Oriente. Ali, tradicionais tratamentos marroquinos, criados a partir de receitas antigas, são conjugados à moderna tecnologia cosmética.

Com cabines individuais, duplas e ao ar-livre, o conceito desenvolvido pelo designer Jacques Garcia traduz uma sutil mistura de tradição e modernidade em um espaço sedutor e relaxante. Estão à disposição mais de 80 tratamentos, que vão desde os tradicionais dos hammam marroquinos até uma completa linha de tratamentos faciais e corporais da Shiseido, além de manicures e pedicures de La Ric.

O espaço conta ainda com um salão de cabeleireiro by Jean Michel Faretra, e, last but not least, dois hammams tradicionais, um hammam privado, jacuzzi e sauna.

Divulgação
A piscina convida a mergulhos e tardes preguiçosas

O lazer se completa com dois estúdios de fitness, duas piscinas tratadas com ozônio e dois campos de tênis coordenados pelo tenista profissional francês Henri Leconte, que passou pelas quadras de Roland-Garros e ajudou a França a ganhar a Copa Davis em 91.

Sabores

Divulgação
Perfumes da culinária local podem ser apreciados no hotel
No La Mamounia os quatro restaurantes, cinco bares e um salão de chá servem o melhor da gastronomia oriental e ocidental aos hóspedes - para isso, contam com produtos sazonais e orgânicos do próprio jardim do hotel.

Dois restaurantes são comandados por chefs com duas estrelas Michelin: o italiano Alfonso Iaccarino, no L'Italien, e o francês Jean-Pierre Vigato, no Le Français. No Le Marocain, com três andares e ambiente riad, é possível apreciar o melhor da culinária marroquina pelas mãos do chef Rachid Agouray. Já o Pavillon de La Piscine oferece gastronomia mediterrânea em ambiente ao ar livre.

O preço dos quartos por noite varia entre R$ 950 e R$ 1.200. A partir de R$ 1.450 por noite é possível ficar em uma das suítes do hotel, cujos preços atingem R$ 8.200. Os riads com três quartos custam R$ 12.980 por noite.

Serviço:

La Mamounia


    Leia tudo sobre: Hotel La MamouniaMarrocosMarrakech

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG