Por que o Range Rover é o carro mais desejado do momento

Com uma fila de espera de até 120 dias, o modelo Evoque já representa metade das vendas da Land Rover no Brasil

Rafael Freire e Ana Carolina Gandara, especial para o iG |

O Range Rover Evoque é um carro que quebra paradigmas. Ele é o menor Land Rover já fabricado, o único que foi desenvolvido para usado prioritariamente em cidades e o único utilitário esportivo deste porte com opção de carroceria de apenas duas portas. “A ideia foi desenvolver um modelo inspirado nos conceitos urbanos, que tivesse grande desenvoltura na cidade, sem perder o DNA de off-road, que é marca registrada da linha Land Rover”, afirma Flavio Padovan, diretor presidente da Jaguar Land Rover para a América Latina e Caribe.

Mais:
Aprenda a pilotar um carro superesportivo

Divulgação
Com três versões de acabamento, o preço do Evoque pode variar de R$ 172 mil a R$ 250 mil
De acordo com o executivo, esse conjunto já rendeu ao modelo 100 prêmios. O mais importante, o "World Design Car of the Year", foi entregue recentemente em Nova York e coroou os melhores projetos de design do mundo.

Mais do que essas condecorações, no entanto, o que mais demonstra o sucesso do projeto são seus números de venda. Ele já é um dos Land Rovers mais vendidos e cobiçados em 172 países. Tanto que, para atender a alta demanda, a montadora precisou contratar cerca de mil funcionários a mais para a fábrica de Halewood, na Inglaterra, onde o Evoque é produzido.

Divulgação
O modelo tem visual tão arrojado por dentro quanto por fora
No Brasil, ele é vendido com motor 2.0 turbo de 240 cv em duas opções de carroceria, (a convencional de quatro portas e uma coupé de duas postas) e três versões de acabamento: Pure, Prestige e Dynamic. Com isso, seu preço pode variar de R$ 172 mil a R$ 250 mil.

Mais:
Toyota desafia os fabricantes de supercarros com o novo Lexus LF-A


Mas além de pagar essa bagatela, para ter um Evoque na garagem é preciso esperar cerca de três meses. A configuração mais requisitada, Dynamic, que custa a partir de R$ 192 mil, pode demorar até quatro meses para ser entregue.

"O Evoque é um grande catalisador de novos clientes", afirma Antonia Elenira, gestora de vendas da rede de concessionárias Caltabiano. "O fluxo nas lojas aumentou em 62% após o lançamento do carro."

O empresário Marcello Corrales Costa Neves, de 31 anos, foi um dos primeiros a comprar o modelo. Nos últimos sete anos ele adquiriu três Land Rover Freelander. Em novembro de 2011 resolveu mudar de ares. “O carro é bem equipado e lindo de todos os ângulos”, diz.

Leia ainda:
Rolls Royce terá operações no Brasil


De fato, por dentro, o modelo tem visual tão arrojado quanto por fora. Entre os pequenos toques de charme que, segundo o proprietário, fazem toda a diferença estão a iluminação interna que permite ao motorista escolher a cor que mais lhe agrada, e a soleira com logotipo Land Rover em neon.

Divulgação
O Evoque conta com uma tela sensível ao toque pela qual se controla toda parte de entretenimento, informações e ajustes do veículo
Além disso, o Evoque conta com uma tela sensível ao toque pela qual se controla toda parte de entretenimento, informações e ajustes do veículo. O equipamento permite que, dependendo do ângulo de visão, o motorista possa usar o navegador GPS enquanto o passageiro assiste a um filme. Por este monitor também é possível ver as imagens reproduzidas pelas cinco câmeras distribuídas ao redor do carro, proporcionando uma visão de 360°.

Outro destaque do Evoque que facilita bastante a vida do motorista é o sistema Park Assist, que estaciona o veículo sozinho em vagas paralelas. “Reunimos muitos atributos de luxo, conforto e tecnologia, aliados a um design completamente inovador”, diz Padovan. “Essa foi nossa receita para atrair tantos clientes.” Pelo jeito, deu certo.


Acompanhe as novidades do iG Luxo também pelo Twitter

    Leia tudo sobre: range roverland rovercarro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG