Avião de US$ 64,5 milhões será exibido em feira de aviação em São Paulo

Por Rafael Freire , especial para o iG |

compartilhe

Tamanho do texto

Veja o que as principais fabricantes de jatos executivos prepararam para o público brasileiro na maior feira do setor na América Latina

Entre os dias 14 e 16 de agosto o aeroporto de Congonhas será palco da décima edição da Labace (Latin America Business Aviation Conference & Exhibition), na qual serão exibidos alguns dos jatos executivos mais modernos e luxuosos do mundo. Entre eles, brasileiro Embraer Legacy 500, o francês Dassault Falcon 2000S e o americano Gulfstream G650. Com aeronaves que chegam a US$ 64,5 milhões, o evento deverá recebe mais de 17 mil visitantes convidados e movimentar negócios na ordem de US$ 700 milhões.

Confira abaixo os principais destaques da exibição.

A Gulfstream apresenta sua frota completa, do G150 ao G650 . Foto: DivulgaçãoModelo top da Gulfstream, o G650 custa US$ 64,5 milhões. Foto: DivulgaçãoO G650 já tem encomendas programadas para até o segundo semestre de 2017. Foto: DivulgaçãoO G280 (US$ 24 milhões) é uma das aeronaves mais econômicas de sua categoria com capacidade de voo de mais de 5,3 mil quilômetros. Foto: DivulgaçãoA Embraer lançou oficiamente o Legacy 500. Foto: DivulgaçãoO modelo Legacy 500, anunciado em 2008, está à venda por US$ 18 milhões. Mas as entregas só começarão no primeiro semestre de 2014. Foto: DivulgaçãoA Embraer também expõe o top de linha Lineage 1000, de US$ 55 milhões. Foto: DivulgaçãoMáximo de conforto e espaço no Lineage 1000. Foto: DivulgaçãoA grande novidade da Dassault é o 2000S, que faz sua estreia no Brasil. Foto: DivulgaçãoSeu interior exclusivo, projetado pela BMW Designworks USA, do grupo BMW. Foto: DivulgaçãoOutro diferencial do Falcon 2000S é a FalconCabin HD+, que permite aos passageiros controlar todos os recursos da cabine por meio do iPad. Foto: DivulgaçãoO Falcon 7X, da francesa Dassault, foi eleito pelo empresário Abílio Diniz . Foto: DivulgaçãoUm dos modelos mais cobiçados do mundo, o Falcon 7X está avaliado em US$ 50 milhões. Foto: DivulgaçãoA aeronave, considerada uma das mais modernas e rápidas do mundo, permite diferentes configurações internas. Foto: DivulgaçãoA americana Cessna expõe diversos modelos, entre eles o Citation XLS+. Foto: DivulgaçãoUm dos topos da linha Citation, o XLS+ está avaliado em US$ 11,6 milhões. Foto: DivulgaçãoMas o principal destaque da Cessna será o mock-up em tamanho real do Citation Latitude, um de seus mais recentes projetos. Foto: DivulgaçãoAvaliado em US$ 14,9 milhões, o Citation Latitude tem 6,4 m de comprimento e 1,95 m de largura, e leva até 9 passageiros. Foto: DivulgaçãoEntre outras aeronaves, a Bombardier apresenta o Global 6000, avaliado em US$ 55 milhões  . Foto: DivulgaçãoO Global 6000 é uma das aeronaves mais robustas do portfólio da Bombardier. Capaz de viajar a 907 km/h por mais de 11 mil quilômetros sem ter que parar para abastecer. Foto: DivulgaçãoO Challenger 605, de US$ 25 milhões, é outro destaque da Bombardier . Foto: DivulgaçãoO Challenger 605 tem capacidade de levar até 12 passageiros confortavelmente. Foto: DivulgaçãoCom nova representante oficial no Brasil, a Líder Aviação, a Bombardier apresenta ainda o jato Challenger 300 . Foto: DivulgaçãoO Challenger 300 está avaliado em US$ 19,2 milhões. Foto: DivulgaçãoA suíça Pilatus marcou em 2013 sua entrada no cobiçado mercado de jatos executivos, com o lançamento do PC-24. Foto: DivulgaçãoA aeronave de US$ 9 milhões poderá operar em pistas de até 820 metros e terá a maior cabine de seu segmento. Foto: Divulgação


- Dassault
O espaço da Dassault na Labace 2013 promete ser um dos mais chamativos do evento. Por lá estarão os modernos e luxuosos Falcon 7X (US$ 50 milhões) – um dos modelos mais cobiçados do mundo, eleito pelo empresário Abílio Diniz –, e Falcon 2000S (US$ 26,5 milhões). Apesar da imponência do Falcon 7X, a grande novidade é mesmo o 2000S, que faz sua estreia no Brasil durante a feira com seu interior exclusivo, projetado pela BMW Designworks USA, do grupo BMW. Outro diferencial é a FalconCabin HD+, que permite aos passageiros controlar todos os recursos da cabine por meio do iPad.

- Gulfstream
A Gulfstream desembarcou no Brasil com sua frota completa para expor na Labace 2013. Estarão em exposição os modelos G150, G450, G550 (eleito pelo empresário Eike Batista), G280 e G650. Uma linha cujas aeronaves custam de US$ 15,9 milhões a US$ 64,5 milhões. Os lançamentos da marca, no entanto, são os jatos G280 e G650, que voaram pela primeira vez em 2012. O modelo top de linha já tem encomendas programadas para até o segundo semestre de 2017. Um dos aviões executivos mais rápidos já produzidos, pode voar a 1.072 km/h e tem autonomia superior a 9,5 mil quilômetros. Já o G280 (US$ 24 milhões) é uma das aeronaves mais econômicas de sua categoria com capacidade de voo de mais de 5,3 mil quilômetros.

Veja também:
- Os barcos mais incríveis de todos os tempos

- Embraer
A Labace 2013 foi o palco escolhido pela brasileira Embraer para o lançamento oficial do Legacy 500. O modelo, anunciado em 2008, já completou 45% da campanha de testes necessários para ganhar os céus e está à venda por US$ 18 milhões, mas as entregas só começarão no primeiro semestre de 2014. Uma das grandes novidades do jato é o sistema full fly-by-wire, com o qual as superfícies do avião respondem de acordo não apenas com a demanda do cockpit, mas também conforme os sinais captados por sensores eletrônicos espalhados pela aeronave. O Legacy 500 também se destaca por ser o pioneiro com cabine de 1,82 metros de altura e piso plano. Além dele, a empresa expõe o top de linha Lineage 1000 (US$ 55 milhões) e um mock-up em tamanho real de seu próximo lançamento, o Legacy 450.

Divulgação
Bombardier Global 6000, um dos mais tops da companhia francesa, avaliado em US$ 55 milhões

- Bombardier
Com nova representante oficial no Brasil, a Líder Aviação – que também comercializa as aeronaves da Beechcraft –, a Bombardier traz para a Labace 2013 os jatos Challenger 300 (US$ 19,2 milhões), Challenger 605 (US$ 25 milhões) e Global 6000 (US$ 55 milhões). Apresentado pela primeira vez na edição de 2012, esta última aeronave é uma das mais robustas do portfólio da empresa francesa. Capaz de viajar a 907 km/h por mais de 11 mil quilômetros sem ter que parar para abastecer, pode levar até 19 passageiros, dependendo da configuração interna.

Mais:
- Helicópteros para sonhar

- Cessna
A americana Cessna expõe na Labace 2013 os modelos Citation Mustang (US$ 3 milhões), Cj4 (US$ 8,5 milhões) e um XLS+ (US$ 11,6 milhões). O destaque da marca, porém fica por conta do mock-up em tamanho real do Citation Latitude (US$ 14,9 milhões), um de seus mais recentes projetos. O modelo pertence à categoria “midsize” e se destaca por ter piso plano e uma cabine mais espaçosa do que a de seus principais concorrentes. São 6,4 metros de comprimento, 1,95 metros de largura e 1,80 metros de altura. Desta forma, tem capacidade para transportar até nove passageiros. Sua autonomia é de 4,6 mil quilômetros.

- Pilatus
Tradicional fabricante no segmento de aeronaves turboélice, a suíça Pilatus marcou neste ano sua entrada no cobiçado mercado de jatos executivos, com o lançamento do PC-24 na Ebace 2013, que aconteceu na Suíça, em maio. O mock-up da aeronave não veio ao Brasil, mas os visitantes poderão apreciar um modelo em escala. A aeronave poderá operar em pistas de até 820 metros e terá a maior cabine de seu segmento, hoje disputado pelo Embraer Phenon 300 e pelo Cessna Citation CJ4. O preço estimado para o avião é de US$ 9 milhões, mas ele só deverá entrar em serviço em 2017.


Leia ainda:
- Condomínios aeronáuticos se espalham pelo Brasil
- Interior customizado pode custar até 30% do valor da aeronave

Leia tudo sobre: aviãojatojatinholabacecessnagulfstreamdassaultbombardierembraer

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas