O que você precisa saber antes de comprar um barco

Por Juliana Bianchi , iG São Paulo

compartilhe

Tamanho do texto

Saber qual o modelo mais adequado ao seu perfil, calcular os gastos fixos e tirar habilitação náutica são alguns dos cuidados que se deve ter antes de tornar esse sonho realidade

Divulgação
Cuidado para não comprar um barco inadequado para seu desejo de uso

Ter um barco disponível para aproveitar a vida em alto mar a qualquer momento que se queira é sonho de consumo de muita gente. Mas realizá-lo exige muito mais do que o valor de compra da embarcação. “É preciso analisar com cuidado qual o barco mais adequado para o seu estilo, ter consciência dos gastos fixos e, acima de tudo, envolver a família no seu sonho”, Marcos Pacheco, sócio da Vip Náutica, revendedora exclusiva do estaleiro Schaefer em São Paulo. Marcelo Simonini, da Viper Power Sports reforça: “Não adianta comprar um barco ideal para represa e colocar no mar, ou vice e versa, que a pessoa certamente vai se frustrar”.

Veja abaixo 15 itens que você deve avaliar antes de colocar o casco na água.

1- Pesquise muito bem qual o melhor barco para o seu estilo e possibilidades financeiras. Há modelos de diferentes tamanhos, potência e sofisticação para agradar perfis variados: daqueles que querem um lugar para curtir com os amigos, àqueles que gostam de pescar, mergulhar ou apenas aproveitar a família.

2- O valor da embarcação dependerá de seu tamanho e configuração. Quanto mais pés, potência e personalização nos acabamentos você quiser, maior será o investimento.

Confira alguns dos barcos mais incríveis do mundo:

A arquiteta iraquiana Zaha Hadid  remete a um exoesqueleto, com 'ossos' de diferentes tamanhos, formatos e espessuras. Foto: ReproduçãoA estrutura liga os diferentes decks e níveis da embarcação de forma fluida e surpreendente. Foto: ReproduçãoPor dentro, a estrutura permite maior liberdade e integração entre as áreas. Foto: ReproduçãoCom 134 metros, o Serene encerra a lista dos 10 maiores iates privados do mundo. Foto: ReproduçãoEntregue no fim de 2013, o Azzam é o maior iate particular do mundo e pertence ao xeique Khalifa bin Zaved Al-Nava, dos Emirados Árabes. Foto: ReproduçãoO 3º maior iate provado do mundo é o Dubai, de 162 m, pertencente ao primeiro-ministro de Dubai, xeique Sheik Mohammed. Foto: ReproduçãoAté o fim de 2013 o maior iate do mundo era o Eclipse, do empresário russo Roman Abramovich, com 164 metros.. Foto: ReproduçãoO iate Topaz tem 147 metros de comprimento, 21 de largura e oito andares. Foto: ReproduçãoO projeto com linhas inéditas e fora da estética comum foi encomendado pela Royal Falcon Fleet (RFF) à Porsche Design. Foto: DivulgaçãoCapaz de acomodar 20 pessoas, o barco Porsche possui deck interior de 472 m². Foto: DivulgaçãoO iate RFF135 possui 4,6 mil cavalos e atinge 65 km/h. Foto: DivulgaçãoNa área interna, expaço para reuniões ou descanso. Foto: DivulgaçãoNavetta 33 Crescendo é equipado com dois motores MAN V12 de 1400 cv. Foto: DivulgaçãoNavetta 33 Crescendo inclui ambientes amplos, bem arejados e com alto nível de conforto . Foto: DivulgaçãoNavetta 33 Crescendo tem amplo espaço para convivência. Foto: DivulgaçãoDecoração pode ser assinada por estúdios internacionais de design. Foto: DivulgaçãoSuíte Master é ampla conta com banheira de hidromassagem. Foto: DivulgaçãoDois jet-skis formam a parte lateral da lancha-conceito da Audi e ajudarão a embarcação a ganhar mais potência. Foto: DivulgaçãoMais sofisticado barco metálico já construído no Brasil, o 100 Limited Edition da MCP Yachts, tem 30 m. Foto: DivulgaçãoO 100 Limited Edition da MCP Yachts comporta até 30 pessoas (18 para pernoite). Foto: DivulgaçãoO Azimut 100 Leonardo foi o modelo eleito pelo empresário Joesley Batista. Foto: DivulgaçãoO Azimut 100 Leonardo tem 30 metros de comprimento, três andares e quatro quartos. Foto: DivulgaçãoNo último nível do Azimut 100 Leonardo há um generoso terraço com banheira de hidromassagem e uma segunda sala de estar. Foto: DivulgaçãoDo empresário Eike Batista, o Pershing 115 é um dos iates mais caros e luxuosos em atividade no Brasil. Foto: DivulgaçãoO Pershing 115 acomoda até 20 passageiros e tem espaço para armazenar dois jet skis. Foto: DivulgaçãoO Falcon 115, iate do cantor Roberto Carlos, tem 35 metros de comprimento, cinco suítes, três banheiros, salas de estar e jantar e cozinha. Foto: DivulgaçãoCom dois motores de 2.285 cv de potência cada, o Falcon 115 atinge velocidade máxima de 48 km/h. Foto: DivulgaçãoA apresentadora Ana Maria Braga escolheu o iate GFT 85, construído pelo estaleiro brasileiro MCP. Foto: DivulgaçãoO barco escolhido pelo jogador Neymar é o Azimut 78, de 25 metros de comprimento. Foto: DivulgaçãoO Azimut 78 possui três suítes, sala de jantar, sofá para oito pessoas e cozinha. Foto: DivulgaçãoPerformance, conforto e sofisticação dos mais refinados iates no bote Amare. Foto: DivulgaçãoCom dez metros de comprimento, o Amare é equipado com motor de 350 cv de potência e sistema de propulsão a jato. Foto: DivulgaçãoCom casco esculpido artesanalmente em mogno maciço o Hedonist tem três motores Rolls Royce. Foto: DivulgaçãoCom 19 metros de comprimento, o Hedonist comporta 12 pessoas e tem versões com duas e três cabines. Foto: DivulgaçãoO Adastra é um superiate de 42,5 metros de comprimento com visual de nave espacial que pode ser dirigido por meio de um iPad. Foto: DivulgaçãoO Wally Why tem três andares com piscina de 25 metros, spa, sauna, ginásio, salas de massagem, música e jantar, cinema e cinco suites. Foto: DivulgaçãoCom 3.400 m², a Wally Why é uma parceria da grife Hermès e estaleiro Wally. Preço sugerido é de US$ 150 milhões. Foto: DivulgaçãoVerdadeira mansão flutuante, o WHY tem três andares com 58 metros de comprimento por 38 metros de largura. Foto: DivulgaçãoNas suítes, espaço para camas king size e banheira. Foto: DivulgaçãoO projeto de interiores valoriza a iluminação natural e surpreende por sua delicada elegância. Foto: DivulgaçãoO Oculus tem design inspirado na baleia, 75 metros de comprimento e elevador central que interliga seus três andares. Preço: US$ 95 milhões. Foto: DivulgaçãoConcebido pela fabricante americana Schöpfer Yachts, o Oculus é equipado com painéis laterais que protegem o convés das ondas. Foto: DivulgaçãoCom 5 suítes, bar, sala de cinema, sala de jantar e cozinha, o Ocean Pearl pode ser compartilhado com 8 proprietários por US$ 2.4 milhões, cada. Foto: DivulgaçãoProjeto do escritório de arquitetura Foster and Partners, o Ocean Pearl mede 41 metros de comprimento. Foto: DivulgaçãoO iate Columbus Sport Hybrid 130’ foi construído com materiais leves, como alumínio. Foto: DivulgaçãoA área de lazer, na parte externa do barco, é como um clube de praia na popa. Foto: DivulgaçãoO Columbus Sport Hybrid 130’ é impulsionado por motores elétricos e a diesel.. Foto: DivulgaçãoO barco possui suítes espaçosas e extremamente aconchegantes. Foto: DivulgaçãoO conceito de iate desenvolvido pela empresa Yacht Island Design remete a cenário de ilhas paradisíacas. Foto: DivulgaçãoDesenvolvido por empresa suíça, “Island (E) Motion” tem conceito de ilha nômade. Foto: DivulgaçãoO megaiate custaria pelo menos 200 milhões de euros. Foto: DivulgaçãoI iate Tropical Island Paradise tem quatro suítes com varandas privativas, sala de jogos, cinema, biblioteca, ginásio e spa. Foto: DivulgaçãoIate “Streets of Monaco” reproduz ruas e pontos turísticos do principado francês. Foto: DivulgaçãoO Iate "Streets of Monaco" tem capacidade para acomodar 16 pessoas. Foto: DivulgaçãoIate Princess 85 by Fendi está avaliado em R$ 27 milhões. Foto: DivugaçãoOs móveis e a roupa de cama das quatro cabines, incluindo a suíte máster, levam o design da famosa grife. Foto: DivulgaçãoNa sala de jantar para oito pessoas, cadeiras no melhor couro usado nas peças da Fendi. Foto: DivulgaçãoO duplo F do logo da Fendi está presente na decoração e nos móveis de toda a embarcação de 85 pés. Foto: DivulgaçãoCom 100 metros de comprimento, o iate 'Sovereign' (Soberano) possui suíte máster e dez cabines individuais. Foto: DivulgaçãoO Iate Sovereign é praticamente uma mansão sobre as águas e foi desenvolvido pela empresa americana Gray Design. Foto: DivulgaçãoO Sovereign tem boate, cinema, academia de ginástica, biblioteca, heliponto e garagem. Foto: DivulgaçãoIate Sovereign é praticamente uma mansão sobre as águas. Foto: DivulgaçãoO Eclipse, do bilionário russo Roman Abramovich: 170 metros de comprimento e título de maior do mundo. Foto: ReproduçãoA Statement! Marine 50' Catamaran é para quem prioriza a velocidade. Com 15 metros de comprimento e dois motores turbo que podem chegar a 300 km/h. Foto: DivulgaçãoA Outerlimits 50' Catamaran tem 15 metros de comprimento e possui dois motores de competição de 1.200 cv de potência cada. Com este conjunto, atinge a 257 km/h. Foto: Divulgação

3- Marinheiros de primeira viagem devem dar preferência a barcos novos ou seminovos, que oferecem menor risco de problemas e vêm com maior prazo de garantia. Deixe para se arriscar quando tiver maior conhecimento técnico sobre o assunto e puder avaliar melhor a escolha.

4- Compre um modelo de marca conhecida em loja autorizada ou com procedência garantida. Isso reduz a possibilidade de levar gato por lebre, além de garantir maior assistência e consultoria técnica. E, assim como acontece com carro, o peso da marca importa.

5- Não deixe para comprar barcos no verão. Com o calor, a crescente procura tende a elevar os preços e tornar o produto escasso.

6- Ter um barco significa ter um lugar para guardá-lo. Esse custo fixo varia de marina para marina, mas sai, em média, R$ 50 por pé do barco. Isto é, um barco de 30 pés exigirá pagamento mensal de R$ 1.500. Não se esqueça de prevê-lo no orçamento.

Mais: 
- Explore a Amazônia peruana em um hotel-barco de luxo

7- Caso decida pernoitar em outra marina saiba que uma taxa de visita será cobrada para que você possa utilizar a infraestrutura local.

8- Outro custo que não pode ser esquecido é o do próprio combustível. Pense bem nele quando for escolher o motor da embarcação. Para ter uma ideia, um barco de 16 pés, com motor de 50 hps, consome, em média, 12 litros de gasolina por hora, enquanto um barco de 36 pés, com dois motores de 320 hps chega a usar 140 l/h.

9- Equipar a embarcação com acessórios de segurança e lazer como coletes salva-vidas, apitos, sinalizadores, caixa de primeiros-socorros, boias, sistema de TV e som, GPS, radar, etc é inevitável e em alguns casos, obrigatório. Prepare-se para mais essa despesa.

10- Antes de sair navegando será necessário obter algumas documentações junto à Marinha, tais como o seguro obrigatório e o Título de Inscrição de Embarcação (TIE). Não saia sem elas a bordo.

11- Obrigatório é também tirar a habilitação náutica (Arraes amador), exigida pela Marinha do Brasil para qualquer pessoa que for navegar em território nacional. O processo exige aula teórica e prática.

Mais:
- Submarino privado é moda entre milionários

12- Fazer um seguro do barco é mais do que indicado. Os valores costumam variar de 2% a 4% do preço da embarcação.

13- Revisões periódicas devem ser previstas e levadas a sério. O ideal é fazer uma pausa a cada seis meses ou a cada 50 horas de uso.

14- Se quiser um pouco de mordomia e apoio para navegar, pense em contratar um marinheiro. Além de pilotar o barco para você também curtir o passeio, limpar e abastecer o barco, ele ajuda com o serviço a bordo. O contrato mensal desse profissional custa a partir de R$ 1.500. Mas é possível valer-se de um free lancer.

15- Caso não queira contratar um marinheiro, saiba que ao menos um lavador será necessário para garantir a manutenção e limpeza do barco durante o período em que você não estiver usando.

Leia ainda:
- Alugue uma villa na Toscana
- Imóveis de R$ 60 milhões e R$ 50 milhões são realidade no Rio e São Paulo


Leia tudo sobre: barcoiatecomprarcuidados

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas