A fúria das estradas

Inspirado em aviões de guerra, o Reventón Roadster, novo modelo da Lamborghini, é o conversível mais ousado de todos os tempos

Amadeo Gattieri, especial para o iG São Paulo

"Senhor Enzo Ferrari, os seus carros são um lixo." Com esse sacrilégio, proferido nos anos 1960 pelo empresário italiano Ferrucio Lamborghini, começava a nascer uma das histórias mais surpreendentes do mundo dos supercarros.

Ferrucio, o bem-sucedido dono de uma fábrica de tratores na Itália, era dono de vários automóveis de luxo, entre eles Ferraris - que sempre davam problemas ou lhe desagradavam de alguma forma. Até que um dia o empresário decidiu, sem qualquer modéstia, "fazer um carro perfeito". E a Lamborghini pulou direto dos tratores para os automóveis de luxo.

Daí veio uma série de carros lendários, como os Countach, Diablo e Miura (que teve até uma imitação no Brasil, nos anos 1980). Todos tinham duas características em comum: motores gigantescos, de 12 cilindros, e linhas agressivas, beirando o dramático. E nada é mais dramático do que a nova Lamborghini Reventón Roadster: cheia de ângulos retos e superfícies salientes, ela é diferente dos outros supercarros.

Divulgação
Reventón Roadster visto por cima: destaque para a capota conversível e os traços de lapidação
Suas linhas não são nada fluidas. Pelo contrário, parecem desobedecer a aerodinâmica. São pura força: os 670 cavalos de potência levam o carro a 356 km/h. E sem capota: o Réventon é um conversível.

Mas será que é uma boa ideia andar com o teto abaixado nessa velocidade? O fabricante jura que sim. Quando a velocidade passa de 130 km/h, o aerofólio traseiro se ergue automaticamente para garantir a estabilidade do carro.

Hoje a Lamborghini faz parte da Audi, o que trouxe uma série de melhorias a seus carros. O Revénton tem todos os pequenos luxos e equipamentos que um carro civilizado deve ter, como sensor de estacionamento, limpador de para-brisa automático, oito airbags, controle de tração e navegador GPS.

Extremamente desejado, o modelo é também um dos mais exclusivos. Somente nove unidades serão fabricadas, a 1,2 milhão de euros cada. E Revénton é o nome de um touro famoso, que matou um toureiro no México nos anos 1940.

Serviço:

Lamborghini Réventon Roadster
Motor: V12 de 6,5 litros e 670 cavalos
Preço: Eur 1,2 milhão

    Leia tudo sobre: Reventón RoadsteriG LuxocarroLamborghini

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG