Ralph Lauren aposta no consumo masculino

Estilista americano reabre sua loja na icônica mansão Rhinelander, agora inteiramente dedicada aos homens

Camila Viegas-Lee, especial para o iG, de NY |

Divulgação
Ralph Lauren reativa a histórica mansão Rhinelander, em Nova York, para exibir sua coleção masculina

O garoto prodígio do Bronx, hoje um dos designers mais reconhecidos do mundo, Ralph Lauren inova outra vez na experiência do consumo com a reabertura de sua loja-conceito na histórica mansão Rhinelander – na 867 Madison Avenue com a rua 72, em Nova York.

Inaugurada pela primeira vez em 1986, a loja foi a primeira a ter ares de residência, valorizando o conforto de um ambiente sofisticado e doméstico ao mesmo tempo. Agora, mansão de quatro andares, datada de 1898 e inspirada no renascimento francês, passou por uma restauração completa para abrigar todas as coleções masculinas da marca. Entre elas as linhas Purple Label, Black Label, Polo, RRL e RLX Ralph Lauren – estas duas últimas com lojas separadas.

Divulgação
Decoração neoclássica com móveis antigos, retratos em óleo e fotografias da coleção do próprio Ralph Lauren

“Não há nada igual em termos de preservação, arquitetura e design. E serve como um exemplo perfeito para o estilo atemporal de Ralph Lauren”, diz o diretor de comunicações corporativas da marca Ryan Lally.

Os 1.500 m 2 do interior da mansão remontam o estilo original das grand residence s, com decoração neoclássica cinematográfica, que inclui desde móveis antigos a retratos em óleo dos séculos 18, 19 e fotografias da coleção pessoal de Lauren. Logo na entrada, repare na escadaria de mogno esculpida na própria mansão por artesãos europeus. Trata-se da maior escadaria do gênero nos Estados Unidos.

Divulgação
Made to Measure: ternos, camisas, calças, casacos e jaquetas feitos ao gosto e tamanho do cliente

O quarto andar, que antes da reforma abrigava tecidos e objetos para decoração, agora hospeda roupas esportivas e acessórios da linha Black Label. Não perca a motocicleta Confederate 120 Fighter Combat Edition (US$ 72.000).

Ela dá o tom ao ambiente, que apresenta jaquetas de couro, pulôveres de casimira e livros como o Art of the Bugatti (US$ 95).

Ainda que com todo o investimento na estrutura do local, a novidade mais comentada entre os críticos de moda é o serviço Made to Measure , que possibilita a confecção sob medida de ternos, camisas, calças, casacos e jaquetas. Produtos de couro e acessórios customizados também fazem parte do pacote.

Para os amantes da exclusividade e da precisão da alfaiataria, o segundo andar é obrigatório. Lá é possível escolher entre 100 tipos de casimira para os ternos e entre mais de 200 tecidos para as camisas.

Quem não quiser esperar pelas seis semanas que levam para que um terno fique pronto, pode procurar a Sartorial Collection, lançada exclusivamente na mansão, com trajes costurados artesanalmente, à mão, mas entregue em apenas alguns dias. “É como se fosse um ateliê de costura, só que desenhado por Ralph Lauren”, diz um dos vendedores.

Divulgação
Motocicleta Confederate p120 Fighter Combat é a atração do andar casual da Black Label


Mulheres logo em frente


Mas a retomada do estilista não estaria completa sem ter um lugar dedicado à sua coleção feminina e casa. A questão foi solucionada em outra loja recém-inaugurada do outro lado da avenida, no número 888. Seus 3.500 m 2 levaram dois anos para serem reformados e refletem a opulência clássica da mansão Rhinelander.

Ali, a novidade é o lançamento da primeira coleção de joias e relógios Ralph Lauren nos Estados Unidos. Ao lado de peças antigas, a nova linha também inclui relógios com diamantes – o modelo Link Stirrup, por exemplo, custa US$ 175.000.

A loja feminina também oferece roupas sob medida no segundo andar, onde é possível encomendar blazeres customizados a partir de US$ 3.798.

Serviço:
Ralph Lauren
867 Madison Avenue, Nova York, NY

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG